'' Precisa mesmo aterrar? ''

A princípio, a questão é facilmente respondida. É óbvio que o aterramento provisório é fundamental para a garantia da desenergização. Distribuição aérea em média e baixa tensões, circuitos longos complexos, acesso fácil ao controles, muita gente trabalhando no mesmo local,…